A Caçada ao Tesouro: Para que serve o Mapa Astral?

012

Como se caça um tesouro? Você pode pensar em todos os preparativos e juntar suas coisas na mochila para um longa viagem em busca da riqueza, felicidade e sucesso, mas sem um Mapa na mão você não irá a lugar algum.


Algumas pessoas me perguntam por que fazer um Mapa Astral? E eu costumo responder rapidamente que é para que você aprenda como ser mais produtivo, satisfeito e feliz. Com o tempo fui percebendo quase todos acabam não compreendendo minhas palavras. Também não é para menos, pois o que vemos por aí nas redes sociais é gente julgando negativamente os Mapas Astrais um dos outros, e o pior, as pessoas aceitam de bom grado essa visão negativada sobre si mesmas.

Quando alguém julga pelo Mapa Astral, está apenas buscando encontrar e justificar os possíveis defeitos de uma pessoa, além de projetar problemas que a pessoa nem tem na realidade. Deixam de se relacionar com pessoas pelo julgamento negativo que fazem a partir do Mapa Astral. Falam que um relacionamento assim jamais daria certo, ou que odeiam pessoas de determinado Signo. Já as pessoas julgadas também se reconhecem e aceitam o julgamento negativo na maioria dos casos. Isso porque é muito mais fácil acreditar que todos os problemas da sua vida são causados pelo céu e pelos planetas do que assumir responsabilidade perante a própria vida.

Sempre é mais fácil jogar a culpa no outro, jogar a culpa no governo, jogar a culpa no céu.

Só tem um problema com isso: justificar seus problemas não vai levar a nada. A pessoa com seus problemas justificados continua sendo infeliz. Apenas se engana um pouco mais com um sentimento passageiro de conforto pela ideia de não ter culpa nenhuma perante seus problemas, um alívio passageiro e imaginário em acreditar que se a vida está ruim não há nada que se possa fazer, pois é culpa do Mapa Astral.

Justificar seus problemas não vai levar a nada.

É triste ver aqueles que preferem se afundar na ignorância em vez de assumirem o controle sobre as próprias vidas. Para essas pessoas nada pode ser feito, continuarão se deliciando no desespero, tristeza, dor, doença, frustração. Perdidas, nunca encontrarão o caminho para o verdadeiro tesouro, pois preferem ficar paradas sentadas no chão reclamando da vida e da falta de sorte em vez tomarem uma atitude e lerem o bendito Mapa que está em suas mãos.

Não há sentido em levar uma vida de frustração e desespero. O intuito é sempre sermos o melhor que podemos ser e contribuir para o bem de nós mesmos e do mundo. Esse é sempre o discursos dos grandes mestres. Amar a tudo e a todos, incluindo principalmente nós mesmo. É preciso se amar primeiro para então conseguir levar coisas boas aos outros. Uma pessoa que se ama, jamais vai se permitir cair em desespero, alguém que se ama jamais vai permitir que algo ruim aconteça consigo ou permitir que algo ruim permaneça em sua vida, alguém que se ama luta pela felicidade buscando aquilo que realmente gosta de fazer e que realmente faz bem para si. Alguém que se ama é mais satisfeita e feliz, e em vez de ficar compartilhando com os outros um mar de tristeza, reclamação, lamentações e desesperos, vai levar para os outros alegria, felicidade e motivação. Ela se torna um guia, um luminar que guia as pessoas rumo a realização e o sucesso.

Uma pessoa que se ama, jamais vai se permitir cair em desespero, alguém que se ama jamais vai permitir que algo ruim aconteça consigo ou permitir que algo ruim permaneça em sua vida, alguém que se ama luta pela felicidade buscando aquilo que realmente gosta de fazer e que realmente faz bem para si.

E onde entra o Mapa? O Mapa é o seu guia para o sucesso. Todos nós estamos perdidos aqui neste mundo, e é muito fácil nos perder de nós mesmos. Afinal temos muita pressão da sociedade, temos que estudar, trabalhar, cuidar da casa, da família, pagar contas, e fazer sempre o que os outros dizem que é o melhor para se fazer. Não há nada de ruim em fazer todas essas coisas, elas realmente fazem parte dessa rotina que temos aqui na Terra. O problema é quando a pessoa deixa de lado os seus próprios desejos e vontades para viver em função do padrão do mundo. A maioria das pessoas se anulam, se enfiam em trabalhos que não gostam, estudam assuntos que não tem o mínimo de interesse, se enfiam em casamentos infelizes, tudo porque os outros dizem que esse curso é o melhor, que esse trabalho tem o melhor retorno financeiro, que você tem que se casar logo e formar família.

O Mapa Astral serve justamente para iluminar o seu caminho, te revelando quem você realmente deveria ser. Ele vai te mostrar o que você realmente gosta, o que realmente te faz se sentir bem, feliz, satisfeito. Vai te falar como você pode expressar melhor os seus potenciais sem ter que sofrer duras penas para ter sucesso na vida. O Mapa Astral revela o seu verdadeiro jeito de ser, apontando também os pontos de maior dificuldade e como superá-los.

O Mapa Astral serve para te guiar na busca por si mesmo e da realização pessoal, e não para que encontre justificativa para os seus problemas. Mesmo porque toda e qualquer expressão negativa presente em um Mapa Astral é perfeitamente trabalhável e pode virar um potencial positivo para si e para os outros.

O Mapa Astral serve para te guiar na busca por si mesmo e da realização pessoal, e não para que encontre justificativa para os seu problemas.

O que mais vemos por aí, são pessoas infelizes. Essas estão realmente trabalhando nas manifestações mais baixas do Mapa Astral. Por isso que quando se pega a expressão negativa de uma relação astrológica e se aplica a uma pessoa infeliz bate perfeitamente. Porém se você aplicar a mesma definição negativa a um pessoa produtiva e feliz a coisa não vai se encaixar. Isso porque a pessoa feliz já aprendeu a trabalhar positivamente os seus potenciais. O mesmo acontece ao contrário: ao pegar a expressão positiva de uma relação astrológica ela não se encaixará com o perfil de uma pessoa infeliz.

Não existe relação astrológica puramente ruim, nem relação astrológica puramente boa. Todas as relações são perfeitamente equilibradas, possuem os dois lados. Há quem opte em desenvolver o lado negativo, há quem opte em desenvolver o lado positivo, há quem opte em variar constantemente em um ou outro, e há quem opte não manifestar a própria essência. Não dá pra saber qual caminho a pessoa tomou, pois isso depende das escolhas que ela fez na vida e do caráter dela.

Não existe mapa BOM ou mapa RUIM. É a pessoa que escolhe como irá usar o seu potencial. A ASTROLOGIA NÃO DEFINE CARÁTER!

Astrologia só fala do padrão de comportamento de cada um, fala das ferramentas que cada um tem para se expressar na vida. Mas não dá pra saber o que a pessoa fez com essas ferramentas.

Uma vez ouvi uma analogia muito boa que dizia:
O Mapa Astral é como uma caixa de ferramentas, na caixa de um tem uma chave de fenda, na caixa de outro pode ter uma chave inglesa, na caixa de outro pode ter um martelo. Porém ninguém sabe ao certo para quê servem suas ferramentas. Uma pessoa que tem um martelo às vezes passa a vida usando-o como uma chave de fenda, tentando parafusar. Ela vê outras pessoas com chaves de fenda nas mãos e observa a facilidade que essas pessoas parafusam, e se sente frustrada porque não consegue ser como elas e se sente prejudicada pois sofre demais tentando fazer o mesmo trabalho. Ela pode até conseguir parafusar com um martelo, mas é sofrido demais, dói, cansa, machuca. Até que um dia alguém chega e revela a ela para quê o martelo realmente serve, que é para pregar. E ela descobre que consegue pregar muito bem e com muita facilidade. Sendo assim em meio a tantos parafusadores ela se destaca, pois ela sabe pregar, prega uma madeira na outra e constrói coisas incríveis assim. Ela se realiza quando usa sabiamente o potencial dela.

fenda

Mas cada um é livre para fazer o que quiser com seu martelo. Alguns continuam insistindo em parafusar, outros o usam corretamente para pregar, outros preferem usar o martelo como uma arma e machucar alguém, outros escolhem nem usar o martelo, guardam ele na caixa e não usam nunca, e outros não sabem o que fazer e enfiam o martelo no nariz. Escolha pessoal de cada um. Mas todos os que tem um Martelo, seguem o padrão do martelo, não dá pra transformar um Martelo em uma chave de fenda, mas as pessoas são livres para tentar usá-lo para esse fim, mas terão que lidar com as consequências de suas escolhas mais tarde.

Então não devo fazer o meu Mapa Astral? Devo apenas confiar nas minhas escolhas na vida?

Pelo contrário! O que venho tentando dizer é que fazer o Mapa Astral é fundamental. Como eu disse, ele serve para você descobrir os seus verdadeiros potenciais e aprender a usá-los a seu favor, para que você seja mais produtivo, satisfeito e feliz.

As pessoas são infelizes justamente por não saberem usar o próprio potencial com sabedoria. Expressões como “dar murro em ponta de faca” ou “bater a cara na parede” descrevem bem a vida da maioria das pessoas. Elas erram e insistem no erro, pois deixam de ser elas mesmas para se tornar o que o outros querem que ela seja.

Mas se for para fazer um Mapa Astral só para julgar o defeito dos outros ou justificar suas falhas como se a culpa de tudo na vida fosse do céu e dos planetas, então é melhor nem fazer o Mapa Astral mesmo, pois o mapa Astral não serve pra isso. O homem é responsável pelas próprias escolhas que faz durante vida, se o homem escolheu ser infeliz o céu não tem nada haver com isso.

O Mapa Astral é um MAPA e deve ser usado como tal. É um caminho para você descobrir o seu verdadeiro tesouro. O caminho para você desenvolver os seus verdadeiros potenciais e ser feliz e satisfeito consigo mesmo, atraindo coisas boas para você e para todos a sua volta.


Conselho

Não é bom confiar em interpretações de internet e de participantes de redes sociais. Existem muitas crenças populares, esteriótipos e exageros sobre Astrologia na Internet, porém isso confunde, e não tem base astrológica. A Astrologia fala sobre você e isso é algo muito sério, se você ouvir algo sobre o seu mapa, mesmo que seja uma interpretação errada, aquilo acaba ficando na cabeça, gerando medo e dúvida. Por isso a Astrologia precisa ser feita com uma boa ética e conduta profissional, e não tratada de modo banal em comentários de redes sociais ou revistinhas. Felizmente astrólogos sérios estão começando a ganhar mais visibilidade, pessoas formadas por escolas de astrologia sérias, e membros de associações que regulamentam a profissão. Porém o máximo que dá pra fazer na internet é falar de uma forma geral de alguns posicionamentos básicos. Nada substitui a análise exclusiva do seu Mapa Astral completo feito por um astrólogo sério, competente e experiente. Se quiser tomar verdadeira consciência dos seus talentos, então se ame, e se dê o direito de desfrutar de um serviço astrológico profissional de qualidade.

Se quiser estudar astrologia, não confie em qualquer material. Questione! Compre diversos livros, faça diversos cursos, ouça as opiniões de diversos astrólogos profissionais. Astrologia é muito complexa e deve ser estudada com muita dedicação, carinho e cuidado.

Astrólogo, Engenheiro e Programador.
Em breve também Pianista, por quê não?
Sol em Capricórnio, Ascendente em Libra, Lua em Peixes.

Tenho constante interesse por assuntos relacionados à espiritualidade e desenvolvimento do ser. Estudo Astrologia há 8 anos fazendo cursos, devorando livros e assistindo palestras. Atualmente estou investindo em formação profissional e especializações.

Quando um engenheiro enxerga um problema, ele encontra uma solução. E é isso o que vejo na Astrologia. Ela não serve para julgar ninguém, muito menos para justificar problemas e defeitos que acabam só levando ao conformismo de uma vida ruim. Muito pelo contrário! Através da Astrologia encontramos soluções, ela ajuda a compreender quem somos e nos ensina a usar nossos potenciais, permitindo assim direcionar a vida conscientemente.

Consultas por WhatsApp: (11) 98429-9452

Contribua você também, deixe um comentário.

This site employs the Wavatars plugin by Shamus Young.